Tel. +351 211 227 804

Ópticas Associadas

Saúde Visual

Além dos nossos produtos, pomos à sua disposição os conhecimentos e experiência dos nossos profissionais.

Informações, conselhos e sugestões relacionadas com a sua saúde visual:


Defeitos visuais



Alguns conceitos que te podem ajudar:


Campo Visual: É a porção de espaço que o olho é capaz de ver. O exame do campo visual permite determinar os limites para cada olho. O campo visual normal estende-se aproximandamente de 60º para dentro do nariz a 100º para fora de cada olho e cerca de 60º acima e 75º abaixo na horizontal.



Acuidade Visual (AV): É a capacidade do sistema de visão de perceber, detectar ou identificar objectos especiais com boas condições de iluminação. Para uma distância ao objecto constante, se o paciente vê nitidamente uma letra pequena, tem mais acuidade visual do que outra pessoa que não vê. Para calcular a acuidade visual, submete-se o paciente a diferentes provas que terá que superar.

 


Alguns defeitos visuais mais comuns:



Hipermetropía. Defeito da visão que  consite em perceber de maneira confusa objectos próximos, formando a imagem além da retina.

 

Miopía. Defeito da visão em que se consegue ver perfeitamente os objetos próximos, mas as coisas mais afastadas podem aparecer desfocadas.

 

Astigmatismo. Defeito da visão que causa distroção da imagem em objectos que estão de perto e longe. 

Presbicia. Defeitos da visão que costuma aparecer apartir dos 40 anos e provoca dificuldade para focar de perto devido à perca da capacidade do olho para focar e vai aumentando com a idade.

Estrabismo. Disposição anómala dos olhos pela qual os dois eixos visuais não abordam o mesmo objecto ao mesmo tempo. Fazendo com que o cérebro elimine uma das imagens captadas por cada um dos olhos. Deste modo, existe o risco que o olho menos usado se torne ambliópico. 

  

Ambliopía. A ambliopía é conhecida como “olho preguiçoso”. É um defeito da visão que consite na redução da visão, mesmo após correção visual com óculos ou lentes de contacto.


Uso de lentes de contacto 




Que lente de contacto escolho?

Actualmente, existem vários tipos de lentes de contacto e um dos critérios a seguir para escolher as lentes mais adequadas é o uso que lhes dará. 
Entre as lentes descartáveis estão aquelas para uso diário, quinzenal, mensal ou anual. Os nossos profissionais irão aconselhá-lo o que melhor se adequa às suas necessidades.

São seguras as lentes de contacto? 

Claro que são, embora deva sempre seguir as instruções fornecidas pelo seu oftalmologista, a maioria das pessoas pode usar lentes de contato sem complicações.



As lentes podem perder-se nos olhos?

Não. O interior das pálpebras e a porção branca do olho são cobertos por uma membrana fina, mas resistente, chamada membrana conjuntiva. 
No entanto, as lentes de contato podem deslizar sob as pálpebras ou se mover. Se isso acontecer, tente olhar na direção da lente para que ela volte à posição correta.


Posso colocar a lente, mesmo que tenha uma pequena uma fissura/arranhão? 

Não. Qualquer alteração nas lentes de contato pode causar lesões muito graves no olho, mesmo que a visão seja perfeita. Mesmo que não veja nenhuma fissura/arranhão, deve sempre remover a lente antes de qualquer sensação de desconforto. É incomum que ocorram situações deste género, aproximadamente só uma em cada 100,e geralmente são causadas por beliscões durante o seu manuseio ou por ganchos quando armazenadas no gabinete.


Posso utilizar lentes de contacto para trabalhar no computador?

O nosso olho pisca cerca de 22 vezes por minuto. Quando lemos, esse número é reduzido para aproximadamente 10 e no computador só piscamos 7 vezes por minuto. Como resultado desta diminuição do ritmo a que piscamos os olhos, as lentes de contato secam e pode causar desconforto e diminuir a qualidade da nossa visão. Neste caso, devemos aumentar o ritmo a que piscamos os olhos ou usar lágrimas artificiais.


E se dormir com as lentes postas?

Dormir com as lentes de contato pode causar lesões na córnea,por não receber oxigênio suficiente, que podem afectar a visão e até impedir o uso de lentes de contato no futuro. 
Actualmente, existem lentes de contato que permitem que se durma com elas.

Posso limpar as lentes de contacto com agua? 

Nunca, as lentes de contacto devem só limpar-se com o produto indicado pelo oftalmologista/optometrista. A água e outras substâncias podem ser fontes de germes e bactérias, que para além de “destruir” a lente podem provar graves problemas a nível ocular.


Posso tomar banho com as lentes de contacto? 

Não é aconselhável tomar banho com lentes de contato, muito menos em locais onde a água está parada (tanques), pois o risco de contaminação multiplica-se multiplica.


O que acontece se utilizar outra solução de manutenção diferente da habitual?

Não pode mudar a solução indicada pelo seu optometrista/oftalmologista, já que esta poderá provocar o detrimento da lente. Existem soluções que precisam de um determinado número de horas para neutralizar os seus componentes e pode produzir um sério problema de saúde ocular se ignorar as indicações do seu optometrista/oftalmologista.

É verdade que se usar as lentes de contacto mais horas do que o aconselhável, o meu olho pode rejeita-las?
Sim, deve fazer bom uso das lentes de contacto e seguir sempre as orientações indicadas pelo oftalmologista, quanto ao tempo de uso e manutenção.

Se utilizar maquilhagem, o que devo fazer primeiro?

É recomendável colocar primeiro as lentes de contacto, assim evitará que estas se sujem com restos de maquilhagem durante o processo de colocação.


Manutenção dos seus óculos




Para as suas lentes

 

-Limpar sempre com um pano húmido para evitar partículas de poeira impercetíveis possam arranhar o vidro.

 

-Evite limpar com detergentes domésticos que possam causar danos os tratamentos que se aplicam sobre a lente.

 

-Evite deixar os seus óculos junto de fontes de calor, assim como em espaços que atingam temperaturas altas, como por exemplo, os carros. As altas temperaturas podem danificar as suas lentes.


-Deixar sempre as lentes viradas para cima e, se possível, dentro da bolsa dos óculos. Desta forma evitam-se riscos e quebras, tanto nas lentes como na armação.


- Para limpar utilize sempre o pano específico que fornecemos, em caso de deterioração, não hesite em pedir-nos um novo. Evite tecidos, panos e qualquer outro material que não seja mencionado, uma vez que estes podem riscar as lentes.

 

-Durante a limpeza das lentes, evite segurar os óculos pela ponte que liga uma lente à outra. Deste modo, as lentes podem sofrer tensões desnecessárias.


Para a sua armação


-Evita el uso de detergentes domésticos así como de cualquier producto abrasivo para eliminar la suciedad de tu montura, en caso de duda ven a vernos y procederemos a realizar la limpieza nosotros mismos.

 

- Evite o uso de detergentes domésticos, assim como qualquer produto corrosivo, para eliminar a sujidade da sua armação . Em caso de dúvida, dirija-se a uma das nossas lojas e nós mesmo fazemos a limpeza da armação.

 

-Evite deixar os seus óculos junto de fontes de calor, assim como em espaços que atingam temperaturas altas, como por exemplo, os carros. As altas temperaturas podem danificar a sua armação.



- Assegure-se que guarda os óculos numa bolsa adequada ao tamanho dos óculos, de forma a evitar possíveis deformações ou quebra.

 

- Coloque e retire os óculos segurando nas hastes,  de forma a evitar possíveis deformações ou quebra.